terça-feira, 28 de junho de 2011

Liderança Liberal

De regresso à temática da liderança, deixo-vos desta vez uma pequena reflexão sobre o estilo liberal.
O líder liberal, não impõe regras ao grupo e consequentemente não é respeitado. Os liderados têm liberdade total para tomar decisões, quase sem consultar o líder. Não é feito um grande investimento na função por parte do líder liberal, havendo participações mínimas e limitadas. É deixado ao grupo, o papel de decidir sobre a divisão das tarefas e sobre quem trabalha com quem.
Os elementos do grupo tendem a pensar que podem agir livremente, tendo também desejo de abandonar o grupo, visto que não esperam nada daquele líder. Como não há demarcação dos níveis hierárquicos, corre‐se o risco do contágio desta atitude de abandono entre os subordinados; em última instância, deixa de haver uma estrutura hierárquica funcional, ainda que possa existir formalmente.
Habitualmente este é considerado o pior estilo de liderança, pois reina a desorganização, a confusão, o desrespeito e a falta de uma voz que determine funções e resolva conflitos.
É, se quisermos, o estilo de liderança diametralmente oposto à liderança autoritária.
A conclusão a que se chega, pelo conhecimento científico, mas sobretudo pela experiência que numa altura ou noutra vamos tendo dos dois estilos de liderança, é que nenhum serve os objectivos das instituições se aplicados de forma dominante.
Aguardemos por um líder democrático q.b....

Sem comentários:

Enviar um comentário